levitra controindicazioni viagra rosa kamagra 100 mg pillole levitra generico prezzo kamagra forum cialis lilly prezzo nuovo cialis
SLE
Banner BI nova logo Institucional banner 02 banner 03
8 6 2 1
jQuery Slider Image by WOWSlider.com v1.9

BYOD obriga TI a se reinventar e focar em serviço - 14/02/2013

 Os departamentos de TI precisam se reinventar e se transformar em fonte de serviços para suas organizações. O crescimento de iPhones, iPads e outros dispositivos móveis usando as redes corporativas e servidores Exchange está desafiando a área. 

Entretanto, os CIOs não têm como fugir desse movimento chamado BYOD (Bring Your Owner Device) ou traga para o ambiente de trabalho seu próprio device. Essa é uma tendência que está ganhando velocidade e vai confrontar as empresas este ano.

O estudo "2013 Mobile Enterprise Report", realizado pela MobileIron e iPass, aponta que os departamentos de TI estão perdendo o controle dos orçamentos da mobilidade com crescimento do BYOD. O mesmo está acontecendo em outras áreas das organizações. 

O relatório mostra que em 2011 mais da metade (53%) dos setores de tecnologia estava gerenciando o orçamento da mobilidade corporativa. Em 2012, essa taxa caiu para 48%. A queda ainda é leve, mas apresenta tendência de crescimento.

Este ano pode ser o ano de BYOD. Os empregados móveis vão mudar o modo de funcionamento do departamento de TI ou pelo menos obrigá-los a dar maior ênfase a serviços. É uma exigência imposta pela ascensão da mobilidade corporativa é diversidade de uso das plataformas. 

Um novo relatório da Forrester estima que cerca de 250 milhões de trabalhadores em todo o mundo, que estão participando do movimento BYOD, usam meios de comunicação. Ao mesmo tempo, um terço deles (208 milhões) quer usar iPhones, uma proporção semelhante aos que preferem tablets do Windows. 

De acordo com o estudo "2013 Mobile Enterprise Report", entre 2011 e 2012, o uso de tablets aumentou em todos os departamentos, especialmente nas áreas de recursos humanos, assuntos jurídicos, finanças e contabilidade. Até então esse dispositivo era mais um privilégio de executivos do alto escalão.

Desafios e oportunidades

Em parte, o movimento BYOD está sendo impulsionado pelos trabalhadores de "próxima geração" chamados "Millennials", que são as pessoas com faixa etária entre 18 e 29 anos. Eles estão dispostos a unir vida pessoal e profissional, usando um mesmo dispositivo móvel.

Segundo a Forrester, o número de funcionários que trabalham "a qualquer hora, em qualquer lugar" nos EUA e Europa cresceu de 15% para 28% entre 2011 e 2012. O que isso significa para os CIOs? A mudança está no ar. Eles precisam converter o departamento de TI em serviço.

As principais frustrações do departamento de TI com BYOD são a integração e apoio a um número crescente de dispositivos. O suporte, em particular, pode se tornar uma verdadeira dor de cabeça para o CIO pela necessidade de controle de uma grande quantidade de dispositivos. 

Diante desses desafios, a Forrester mostra que o CIO tem saídas para resolver esse impasse. A analistas da consultoria de pesquisas afirmam que o BYOD é uma oportunidade para os gestores transferirem os custos dos dispositivos para os funcionários e implementar arquiteturas de segurança para multiplos dispositivo e aplicações. 

Assim, o departamento pode se concentrar em provisionamento de serviços. É uma forma de o CIO fazer diferença, oferecendo produtividade e satisfação ao empregado. 

COMPUTERWORLD/ESPANHA

 

http://computerworld.uol.com.br/tecnologia/2013/02/14/byod-obriga-ti-a-se-reinventar-e-focar-em-servico/



ver mais

endereço

Avenida Fernando Ferrari, 1080 
Salas 304/305/306 
América Centro Empresarial
Mata da Praia, Vitória/ES
CEP 29066-380


 

  • | Vitória 55 27 3357-3457
  • | Belo Horizonte 55 31 3555-3588
  • | Rio de Janeiro 55 21 2588-8180
  • | São Paulo 55 11 3443-7789